De onde vem sua insegurança?

06 Dec 2018 Autor: Juliana Bortoletto • Categoria: Prepare-se


Que atire a primeira pedra quem nunca se sentiu inseguro em uma entrevista ou na hora de prestar um processo seletivo, mas se pudermos mapear o que nos deixa assim, podemos controlar a situação. Então, de onde será que vem sua insegurança?

Você fica inseguro ao encarar outros concorrentes? Ou a insegurança bate quando você tem que contar mais sobre você e suas experiências? trabalho em grupo ou entrevista com CEO faz você tremer na base?

Segundo nosso queridíssimo dicionário Aurélio, a insegurança nada mais é que:  “Falta de convicção ou segurança em si próprio”. Ela pode gerar grande impacto no processo seletivo como um todo, já que pode deturpar a visão que o candidato tem de si mesmo, de suas experiências e competências como profissional.

A insegurança pode ter ligação com a forma como você enxerga sua própria história e perfil. Independente de quais sejam seus concorrentes, o candidato inseguro acaba se questionando sobre a qualidade de suas vivências e reais chances de ser aprovado, desvalorizando-se.

“Meu currículo tá legal, mas o dele…”

Selecionamos, então, algumas situações em que a insegurança pode bater na sua porta. A primeira delas é a comparação de experiências. Muitas vezes, essa comparação é automática, mas nossa sugestão é:  NÃO SE COMPARE COM OS OUTROS.

Sabe aquela frase que sua mãe falava: “mas você não é todo mundo”? Então, ela serve pra vida adulta também!

O que faz um candidato melhor que outro não é a quantidade de experiências que tem no currículo, mas sim a forma como ele se apropria de sua história e de seus talentos. De nada vale um candidato que tenha experiências em grandes empresas ou um intercâmbio no currículo, mas que não saiba reconhecer os aprendizados que adquiriu.

“Quero inovar, mas nem sempre tenho segurança”

A insegurança aparece em momentos onde temos que nos expor e, consequentemente, correr o risco de ser julgado.

Gente, esse medo do julgamento alheio é tão 2008. Como diria uma grande amiga minha, “humilhação a gente passa todo dia quando levanta da cama, o que é uma a mais, uma a menos”?.

O medo nos impede de fazer muitas coisas. Muitos candidatos deixam de compartilhar suas ideias pelo medo de não ser aceito pelos outros. Nesse contexto, procure separar o profissional e o pessoal, focar nos objetivos de trabalho e trazer contribuições com argumentos. Mostrar segurança é essencial para convencer os outros do que acredita e vender suas ideias.

Mapeando sua insegurança

 

map gps GIF by Direct Assurance

Para trabalhar a insegurança é importante, em primeiro lugar, mapear em quais momentos ela aparece. por isso, tente responder as perguntas abaixo:

– Fico inseguro quando recebo o e-mail de convocação?

– A insegurança aparece quando chego no local do processo seletivo?

– A insegurança começa a aparecer a medida em que os candidatos começam a se apresentar e contar suas experiências?

– A insegurança continua em mim mesmo sendo convocado para a fase seguinte?

É importante reconhecer os momentos em que você fica mais vulnerável a insegurança, já que são um indicativo dos pontos de melhoria e estruturação de seu próprio perfil!

IMPORTANTE!!! 

warning video games GIF

Segurança, firmeza e atitude são fatores decisivos na hora de aprovar um candidato. Mesmo que vc esteja inseguro, você sabe tudo o que passou, tudo que aprendeu e a cada dia que passa você é um profissional melhor. Aproprie-se disso. Na hora de falar, acredite em você!

É como diz aquele ditado “Se der medo, vai com medo mesmo”.