Profissional Coringa

13 Nov 2018 Autor: Juliana Bortoletto • Categoria: Prepare-se


Nem especialista, nem generalista. O mercado não é mais o mesmo e as competências que exige hoje é do profissional que está entre esses dois tipos. São os chamados Nexialistas, o profissional curioso que está sempre em busca de conhecimento, que tem tanto o poder de análise e síntese de problemas assim como a criatividade pra resolve-los. Mas e aí, como desenvolver as competências necessárias para se torar um?

 

Ao longo da nossa vida é natural que a gente faça algumas escolhas de carreira que nos façam seguir o caminho mais criativo ou mais analítico, e dependendo da nossa escolha, nós acabamos desenvolvendo um lado do cérebro mais do que o outro.

Todo mundo já sabe da teoria dos hemisférios do cérebro. O lado direito é responsável pela expressão artística, criatividade, pelo instinto, pelas emoções, imaginação e nossa habilidade de reconhecer imagens e símbolos. Já o lado esquerdo, é responsável pelo raciocínio, análise de dados, arranho de tempo, lógica, os números, sequencias e ordens, compreensão linguística, objetividade.

Primeiro de tudo, você sabe qual lado você usa mais? Será que você é um profissional mais racional ou mais criativo. Antes de continuar, faça o teste que depois a gente te ensina como desenvolver ainda mais o lado que você deixou de lado.

Pensando na necessidade de ser um profissional mais coringa, existem algumas dicas pra desenvolver o outro lado do cérebro que a gente meio que deixou de lado lá trás. São coisas muito simples que podem ajudar a gente a desenvolver nossas habilidades (analíticas ou criativas) cada vez mais.

 

Para desenvolver o lado Esquerdo 

Coloque todos os seus compromissos na agenda.

Veja fotos de ponta cabeça e repare nos detalhes

Monte um quebra cabeça de muitas peças

Coloque suas despesas no excel

 

 

Para desenvolver o lado Direito

Experimente comidas novas para estimular o paladar e criar novas memórias afetivas.

Troque o mause do computador de lado.

Leia um livro que não tenha nada relacionado com o seu trabalho

Escolha uma imagem que lhe chame atenção e pense em 25 adjetivos que descrevam essa imagem pra você.

 

Para se tornar um Nexialista, além de desenvolver as duas partes do cérebro, mas esse é o baby step. Estar sempre em busca de conhecimento, de ter a humildade de aceitar críticas novas e ter empatia de entender suas limitações. Se isso não o tornar um Nexialista, com certeza o fará um profissional (e uma pessoa) melhor.