Por que a criatividade passou a ser desejada nas empresas?

07 Nov 2017 Autor: Juliana Bortoletto • Categoria: Para Começo da Conversa


Quantas vezes você procurou sair da caixa na hora de entregar seus projetos? Quantas vezes você se preocupou em trazer uma ideia diferente do normal? Hoje, ser criativo não é uma competência exclusiva do “pessoal de humanas” é possível inovar em todas as áreas. Mas para saber se você tem essa sementinha dentro de você, vou te fazer um convite…

Volte no tempo um pouquinho e me responda algumas perguntas, ok?

  1. Você tinha um amigo imaginário quando era criança?
  2. Já inventou alguma história tão mirabolante que sua família acreditou?
  3. Uma das suas brincadeiras favoritas era imaginar que o chão estava coberto de lava e por isso ficava pulando nos móveis da casa, deixando a “mami” de cabelo em pé?

Pois é, todo mundo nasce criativo! A criatividade é uma característica inata ao ser humano como mecanismo instintivo de sobrevivência, assim como o medo, mas pouco a pouco, somos forçados a entrar num molde comportamental para aprender as mesmas coisas, seguirmos um padrão, estar dentro de um contexto.

“Os profissionais de hoje são formados em um sistema que estimula a mediocridade, comprovado por cursos de graduação e pós-graduação nos quais a quantidade se sobrepõe à qualidade e onde alunos perseguem um certificado de conclusão sem interesse real em realmente aprender”, afirma Tom Coelho, consultor de RH

Acontece que, em um cenário onde existe muita gente fazendo mais do mesmo, a criatividade passa a ser uma competência essencial, pois dela vem a tão amada INOVAÇÃO. E criatividade vai além de dar ideias mirabolantes e quebrar paradigmas.

Como podemos despertar nossa criatividade?

Para começar, é preciso desenvolver “jogo de cintura”, trazendo novas perspectivas a problemas, exercitando nossa mente a ver diferente e pensar o novo.

Olhar por uma nova perspectiva, sair de problemas, sugerir mudanças, essas e outras pequenas atitudes do nosso dia a dia, seja dentro da organização ou em nossa vida pessoal, podem estimular essa competência e pouco a pouco despertar a nossa criatividade.

Não tem fórmula mágica, mas estamos preparando um material, que em breve, vamos disponibilizar para vocês com dicas para dar asas à sua criatividade.