FALCONI no Trainees na Prática, com Tiago Nogueira

16 Oct 2015 Autor: Juliana Sarafana • Categoria: Trainees na Prática


Entender a atuação de um Trainee de consultoria, pode ser um pouco nebuloso. Por isso, entrevistamos o Tiago Nogueira, um jovem consultor da FALCONI que compartilhou em detalhes a sua vivência desde o processo seletivo até a atuação em diferentes empresas.

Confira o que ele contou sobre a oportunidade de conhecer as lideranças dos mais diferentes mercados e desenvolver o seu potencial dentro de um dia-a-dia sem rotina. Aproveite os últimos dias de inscrição: Clique aqui

tiago

MyTrainee: Conte um pouco sobre sua trajetória acadêmica e profissional.

Tiago: Meu nome é Tiago Nogueira, sou formado em Administração de empresas. Antes de entrar na FALCONI, fiz dois intercâmbios para adquirir fluência no inglês e um estágio na Fundação Dom Cabral, uma escola de educação executiva, onde me apaixonei pela educação. Acredito que essa experiência foi de grande importância, pois consolidou a minha busca por conhecimento e me tornou mais preparado para o mercado.

 

MyTrainee: A FALCONI é considerada pelo mercado uma “empresa-escola”. Dê um exemplo de como isto se aplica no dia-a-dia da organização.

Tiago: A pluralidade de ambientes, pessoas e culturas nos faz aprender coisas novas todos dias. Cada novo projeto te desperta o desejo de ser especialista na área; seja em uma incorporadora ou em um varejista. Uma vez que não conhecemos na prática o negócio do cliente, a única forma de estar pronto e ser convincente é através da informação. É necessário estar sempre atualizado com os indicadores do mercado para ter argumentos suficientes em uma situação de possível dúvida. Por isso é essencial ter humildade para ensinar e aprender. Pois o novo conhecimento virá de todos os lados, tanto dos mais velhos, quanto dos mais novos.

 

MyTrainee: Como funciona a preparação para realizar consultorias para organizações com realidades tão diferentes?

Tiago: Nos preparamos primeiramente buscando conhecimento por conta própria, nesse quesito, a pró atividade pode ajudar. Após isso, temos uma sessão de planejamento, em que o consultor líder compartilha o conhecimento que ele já tem sobre o cliente e sobre o setor de atuação. Após isso, o aprendizado vem na prática, como diz o professor Falconi “ A gente aprende no tiroteio no dia a dia”.

 

 Mytrainee: A FALCONI tem uma ancora em trabalhos de equipe. Como tem sido a sua experiência em grupo?

 Tiago: Todas as equipes que tive o prazer de participar, foram sensacionais. Na FALCONI temos pessoas muito diferentes, de regiões diferentes, culturas diferentes, o que faz a experiência mais enriquecedora. No último projeto por exemplo, trabalhei com uma espanhola, um argentino e um colombiano, e vi cada um buscando agregar o máximo de conhecimento para o sucesso da ação.

 

 MyTrainee: Uma das etapas mais desafiadoras de uma consultoria é a de execução das ações propostas. A FALCONI tem como um dos diferenciais o acompanhamento desta etapa. Como isto é feito?

 Tiago: Aplicando a metodologia nos projetos, identificamos o problema, as causas fundamentais, planejamos as ações e controlamos e capturamos os resultados. O acompanhamento é fundamental para verificar se de fato, os resultados esperados estão sendo alcançados. O diferencial é este, poder planejar e acompanhar. Cito aqui, um exemplo básico de melhorias: tínhamos um processo de redução das despesas de uma certa empresa, identificamos que a conta de luz trazia uma tarifa muito elevada para o porte dela. Com isso, sugerimos a instalação de receptores de luminosidade e presença, o que gerou uma grande economia.

 

MyTrainee: Descreva brevemente as etapas do processo seletivo. Qual etapa você considerou mais desafiadora? Por quê?

Tiago: Participei do processo em 2014. Fiz as provas online e parti para a dinâmica de grupo. Na época, resolvemos um case voltado para consultoria. Depois disso, participamos da entrevista com o RH, nessa parte é necessário mostrar conhecimento no setor econômico e político do país, além de informações setoriais.

Depois participamos da banca executiva, esse foi um dos momentos mais interessantes em que ficamos de frente com diretores, sócios e consultores sênior. Respondemos perguntas sobre carreira, na época não montei nada físico, mas tive que me preparar para essa chance única sabendo quais são as tendências e previsões para os próximos anos, além de ter uma ideia embasada em fatos reais.

 

MyTrainee: O feedback é uma estratégia muito valorizada para quem busca se aprimorar na carreira. Como tem sido essa questão na FALCONI?

 Tiago: Formalmente temos dois feedbacks ao ano, mas recebemos feedback todos os dias, o líder está constantemente nos auxiliando e direcionando o melhor caminho a ser proposto nas ações. Já com o cliente, posso dizer que o melhor feedback se dá na sensação de dever cumprido quando mostramos o sucesso e evolução de um projeto.

 

MyTrainee: Você considera que a FALCONI exerce a meritocracia?

Tiago: Este valor permeia todos os processos da FALCONI, aqui dentro somos avaliados pelo resultado. Sua reclassificação não ocorre só pelo tempo de casa, mas é atrelada ao seu desempenho. Cresce quem é bom, quem entrega e quem faz com qualidade.

A FALCONI tem projetos de reconhecimento de talentos, então temos a oportunidade de participar junto com a diretoria de palestras e eventos importantes para a cia.

 

MyTrainee: Para finalizar, nos conte qual é o principal diferencial do Programa Jovens Consultores da FALCONI?

Tiago: Temos uma liderança muito forte e transformadora que acredita no seu potencial. O líder confia na sua capacidade e potencial. Destaco também o ótimo relacionamento que construímos. Trabalhando aqui, você terá a oportunidade de ter contato com presidentes de empresas que você nunca imaginou se relacionar. Conversamos com todos os níveis de hierarquia do cliente, desde o ceo, diretores, supervisores ao back office. Além disso, gosto muito da ausência de rotina que te faz viajar e trabalhar em diversas regiões.